Formatos de Encontros Poliglotas. Formação de Clube 6.

Aqui descrevemos os principais formatos de Encontros de um clube e suas Razões de Ser

Nesta VìdeoAula (rs)
  1.  Modelo Celular.
  2.  Modelo Mesão
  3.  Modelo Baladinha

1. CelularAo ver de alguns organizadores este é o melhor modelo para este tipo de evento pois: Proporciona maior variedade de idiomas por mais tempo, ajuda quem é tímido ou ainda não é fluente e, o mais importante, forma um grupo sólido e conectado voltado para aquele idioma e cultura que perpetuará mais facilmente a presença deste idioma nos encontros ao logo dos anos.
Modo de fazer:
Aos chegarem os participantes assegure-se de lhes perguntar que idiomas falam e trate logo de organizar as rodas de conversas dos idiomas menos comuns, por exemplo: entre espanhol e italiano, seria o italiano. Forme a roda de italiano e com certeza ficará mais fácil haver uma de espanhol logo mais ou no mesmo instante já que probabilisticamente haverá mais pessoas que falam espanhol. Garantindo assim já uma rodinha de italiano. Faça isso com todos os participantes e depois deixe-os livres para rodar e experimentar outras rodas de bate papo.


2. MesãoAcontece naturalmente em ambientes onde há mesas móveis, as pessoas tendem intuitivamente a juntar as mesas, mas isso é perverso para a livre prática de mais que 2 idiomas. O que é usual e esperado em um encontro poliglota. Razões: a cada mesa junta ao menos 2 lugares são perdidos na superfície de conversa, o deslocamento e mudança de participantes para mudar de línguas ou achar a ÚNICA LÍNGUA QUE FALAM, ou se encaixar numa roda de conversa mais amigável ou falar com quem já se sente a vontade é dificultosa, incômoda e desconsertante.
Modo de Evitar: 
Deixe antes mesmo de começar o evento mesas demarcadas ou com bandeiras ou com algo que mostre que aquelas mesas não devem ser misturadas, garantindo que elas sejam ocupadas pelos participantes do evento.
Modo de desfazer sutilmente.
Com um amigo que fala os idioma menos comuns que os que estão sendo falados no Mesão, chame a atenção de todos com algo engraçado e loo em seguida chame para conversar em outro idiomas aqueles que estão afim, por exemplo, se o mesão está em inglês ou em inglês e espanhol, chame para falar francês em outra mesa.Certamente alguém animará. Como a conversa foi quebrada e a linha de raciocínio provavelmente perdida as pessoas aceitaram mudar de papo e mesa mais facilmente. Faça isso em breves intervalos para mais de 2 ou 3 línguas, assim le mesõ que só falava uma ou duas línguas estará finalmente desmembrado em várias rodinhas de várias línguas.


3. Baladinha: A baladinha também se forma naturalmente, principalmente onde não há mesas ou cadeiras ou no final de um mesão acompanhado de bebidas. Mesmo em pé, mostre às pessoas as respectivas células de cada língua. Ou assuma o formato de baladinha que pode ser excelente se houver adesivos com bandeirinhas ou símbolos dos idiomas falados para cada um, ou chachas bem visíveis ou bastante hosts para orientar individualmente os que forem chegando. Vide Video:



 

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Pratique mais de 100 línguas de Graça no Whatsapp. CPB Groups

Bater um papo gostoso de graça via CHAT no Telegram